fbpx
InícioMundo OdontoCachorro lamber a boca faz mal?

Cachorro lamber a boca faz mal?

Cachorro lamber a boca faz mal?

Esta é uma pergunta intrigante: cachorro lamber a boca, tem mesmo algum perigo nesta prática?

Como um bichinho tão meigo, carinhoso, bonito e companheiro pode me fazer algum mal?

Para uma grande parte da população este é um ato inocente e sem nenhuma repercussão, mas saiba que não é bem assim que funcionam as coisas.

Primeiramente vamos entender que o cachorro lambe seu dono como o mais lindo e bem-intencionado gesto de demonstração de comunicação e carinho. Este gesto vem desde a época em que eles andavam em bandos e eles tinham esta pratica como gesto familiar.

Vale lembrar de antemão que os benefícios de se ter um cão como são de sobremaneira importantes e que os riscos que citarei aqui são baixos. Desejo que você saiba é que eles existem.

Você deve se atentar agora ao que tentarei fazer você entender.

Saiba que:

É uma característica dos mamíferos possuir bactérias em suas salivas, tanto seres humanos como os caninos possuem esta característica que chamamos de flora bacteriana, de modo que são bactérias peculiares à cada uma das espécies e seus costumes.

Sendo desta maneira, nós e eles temos modos diferentes que vão desde o modo que comemos, dieta, modo de ingestão de água até a dieta e digestão. Podemos citar entre os muitos exemplos o de que um cão coloca sua boca e seu faro diretamente no chão e come diretamente o que encontra e reconhece como comida e nós humanos não.

Sob o mesmo ponto de vista lembre com clareza onde os cachorrinhos se cheiram e se lambem em seus encontros.

O que acontece quanto a flora bacteriana é a parte mais importante. As bactérias presentes na boca dos diferentes animais não faz mal a eles da mesma espécie, mas quando estas são colocadas em outras espécies podem fazer bastante mal.

Deste modo saiba e entenda que dentre as bactérias mais comuns nos cães temos a Capnocytophaga canimorsus estando presente na boca de 75% dos cachorros saudáveis. Quando contamina seres humanos pode levar a semanas de hospitalização.

A Escherichia pode causar a colecistite (inflamação da vesícula biliar), Salmonella, salmonelose, e as Campylobacter, a gastroenterite (inflamação que afeta o estômago e o intestino)

Temos também destacado o risco de a pessoa ingerir vermes ligados a doenças como o amarelão, ascaridíase e ancilostomíase

Ainda que seja muito rara, a contaminação pela Capnocytaphaga caninorsus possui casos de morte, septicemia e amputações relatadas, principalmente envolvendo pessoas com problemas imunológicos ou lambidas em feridas.

Uma situação parecida acontece quando as bactérias multirresistentes presentes nos cães contaminam as pessoas, neste segundo exemplo pode-se chegar até a óbito.

Uma situação contrária também temos que estar atentos, em situações onde recebemos muitas lambidas na boca e pele nós também colocamos nos cachorrinhos nossas bactérias que podem ser extremamente prejudiciais a eles

É claro e obvio que não precisamos colocar os bichinhos isolados e em quarentena para que não haja infecções dos dois lados mas entenda que cuidados devem ser tomados e que um ato inocente pode se tornar algo não tão bom

Como evitar?

Uma boa dica é fechar bem os lábios e virar o rosto nas situações onde o cachorro tentar atingir a boca com um beijo canino, em pouco tempo ele entenderá que não é algo que te agrada muito.

Recebi uma lambida o que fazer?

Não há razão para alarme, você não precisa correr a um pronto socorro para uma consulta médica. Basta lavar com agua e sabão e esta ação vale inclusive para crianças. Se a lambida for diretamente na boca um bochecho ou até uma escovação são suficientes.

Pesquisadores afirmam que lambidas na pele sem feridas tem um risco muito baixo de contaminação, porém devemos evitar que elas atinjam nossos olhos, nariz, mucosas e boca.

Evite a todo custo que o pet dê uma lambida em alguma ferida. Se acontecer você também deve lavar a ferida com agua e sabão.

como manter meu cão em menor risco?

Mantenha a vacinação em dia

Ao passear com o cachorro, não permita que ele se aproxime de lixeiras, fezes de animais ou outras coisas sujas

Procure levar o pet para tomar banho regularmente.

Faça a verificação da saúde do seu pet junto a um veterinário regularmente.

Manter a saúde bucal é tão importante quanto manter a saúde e a higiene do resto do corpo.

Mantenha sua saúde em dia. Ela é seu maior bem!

Nosso consultório se localiza na cidade de Itu – SP e, se você quiser, pode nos mandar uma mensagem marcando uma consulta no link do Whatsapp.

Temos também muitas novidades no nosso Instagram e no Facebook.


Caso queira saber mais , envie uma mensagem com perguntas, dúvidas ou sugestões.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2021-06-08-at-19.43.09.jpeg
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2021-06-08-at-19.43.08.jpeg

Mantenha-se saudável!!!

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Implante quebra?

Dentes sensíveis, o que fazer?

Antibiotico estraga os dentes

O que é um tratamento de canal?